Arquivo mensal: dezembro 2016

Tudo sobre tecnologia, internet e redes sociais

Fonte: Olhar Digital – O futuro passa primeiro aqui

Anúncios

Infográfico: qual formato de imagem usar (JPG, GIF e PNG)

2016-04-27_contratar-ti_cover

Pode ser difícil saber exatamente qual tipo de arquivo é o melhor. Se você salvar sua imagem como um tipo errado, pode acabar borrando uma linda foto, perdendo todos os detalhes do seu logotipo ou transformando um fundo transparente em preto.

No seu computador, é fácil manter seus arquivos como são e aumentar o espaço de armazenamento quando precisar, mas quando estiver lidando com arquivos de imagem online, há diversos outros fatores complicados.
Arquivos grandes não tomam somente muito espaço, eles ocupam a largura de banda e aumentam o tempo de carregamento e, se imagens importantes do seu website não estão carregando rapidamente para seus visitantes, isso vai afetar seu retorno.
E mais, quando se trata de hospedagem, ter mais espaço para guardar seus arquivos não é tão fácil quanto trocar seu disco rígido em casa. Aumentar seu plano mensal de hospedagem para ter mais armazenamento e largura de banda pode se tornar caro rapidamente.
Mas você não deve somente comprimir ou reduzir o tamanho de todos os seus arquivos; você também deve se preocupar com a qualidade da imagem. É uma foto colorida ou em preto e branco que você precisa armazenar? Talvez seja um logotipo com linhas limpas e definidas que você não quer que se torne confuso e pixelado? Ou pode ser uma imagem com detalhes especiais, como um fundo transparente ou animações.
Você conhece quais tipos de arquivos suportam essas características e em quais você perderá esses efeitos especiais? Se você quer saber exatamente qual é o tipo de arquivo perfeito para se usar em determinadas imagens e economizar bastante espaço, está no lugar certo.
Veja o infográfico abaixo
2016-09-16_tipos-de-arquivos-imagem

Fonte: http://tutano.trampos.co

9 filmes de 2016 que você talvez não tenha visto (mas deveria)

Relembre o que aconteceu de melhor no cinema no ano: as estreias mais aguardadas, as melhores surpresas e os filmes imperdíveis que passaram voando pelas salas brasileiras (ou que sequer chegaram a estrear)

Fonte: 9 filmes de 2016 que você talvez não tenha visto (mas deveria)

Onde eu errei?

c08cnyewgaabqn7-jpg_large

Boa parte dos pequenos empreendedores que surgiram logo no início da crise politica do Brasil, iniciaram suas atividade por decorrência da falta de emprego ou demissões em massa que ocorreram no Brasil em 2016. Ao sair dessas empresas, o novos empreendedores começaram uma corrida contra o tempo e deram vários “murros em ponta de faca” por falta de planejamento e um bom plano de Marketing ou até mesmo por falta da elaboração de um bom plano de negócio.

Investiram 100% do fundo de garantia em produtos, esquecendo de reservar os 30%  para o Marketing e Publicidade para garantir uma boa campanha de divulgação do seu produto ou serviço.
Com tantas ferramentas de divulgação ao nosso alcance, bastaria um clique para que toda essa história tomasse outro rumo!

Autor em Dudu Gonçalves

Marketing

O primeiro passo para começarmos a compreender o que significa este termo devemos definir o conceito de Marketing:

Marketing é uma palavra proveniente da língua inglesa, apesar de estar intrínseca à cultura mundial.

Em inglês, market significa mercado e Marketing pode ser traduzido como mercadologia, um estudo das causas, objetivos e resultados que são gerados através das diferentes formas como nós lidamos com o mercado.

Compra, venda e trocas de serviços, produtos ou ideias.

Marketing é a ciência e a arte de explorar, criar e entregar valor para satisfazer as necessidades de um mercado-alvo com lucro. Marketing identifica necessidades e desejos não realizados. Ele define, mede e quantifica o tamanho do mercado identificado e o potencial de lucro. Ele aponta quais os segmentos que a empresa é capaz de servir melhor e que projeta e promove os produtos e serviços adequados. 

Segundo o American Marketing Association, a definição do termo é a seguinte: “O Marketing é uma atividade, conjunto de instituições e processos para criar, comunicar, entregar e trocar ofertas que tenham valor para os consumidores, clientes, parceiros e sociedade em geral.”

Ou seja, o Marketing é uma série de estratégias, técnicas e práticas que tem o principal objetivo de agregar valor às determinadas marcas ou produtos a fim de atribuir uma maior importância das mesmas para um determinado público-alvo, os consumidores.

Se engana quem acredita que o Marketing tem apenas como o objetivo vender algo.

Este conceito se aprofunda em tudo que envolve este processo, bem como a produção, logística, comercialização e pós venda do produto/serviço.

Os quatro P’s do Marketing

Também conhecido como Marketing Mix ou Composto de Marketing, este são as variáveis que ditarão e influenciarão na maneira como suas estratégias devem ser montadas e também atuaram na forma como o mercado responde às suas investidas.

Agora conheça as características dos quatro P’s: Preço, Praça, Produto e Promoção.

  • Preço: Ponto bem autoexplicativo. Referente ao valor e como será cobrado do cliente o seu produto. Além da definição do valor, outros pontos como a maneira que será cobrada e outras estratégias voltadas ao pagamento são abordadas.
  • Praça: Refere-se ao local seu produto será comercializado. Este ponto pode ser um pouco confuso quando analisamos o contexto de um e-commerce, já que está situado na internet e pode ser entregue para qualquer lugar do mundo (dependendo da logística de cada negócio).
  • Produto: Este ponto é importante pois deixa claro quais são as características do produto ou serviço que sua empresa está disponibilizando no mercado. Também ajuda a defini-lo e moda-lo.
  • Promoção: Simples, este último ponto refere-se às estratégias que serão utilizadas para a divulgação do produto ou serviço. É onde entra a publicidade.

É importante entender que, apesar de muito importante, o marketing mix é somente um modelo para se conseguir classificar melhor as atividades do marketing, mas não pode nunca limitá-las.

Hoje em dia com os vários avanços tecnológicos, principalmente a Internet, existem vários cenários em que os 4Ps do marketing já não se encaixam perfeitamente.

Um bom profissional de marketing deve entender como eles funcionam para poder extrair seus princípios e aplicar a outros cenários.

Fonte: https://www.bebee.com/

ACREDITE: “INVASÃO ZUMBI” É UM DOS MELHORES FILMES DO ANO. | Planeta Tela

Por Celso Sabadin. Como diziam os locutores de antigamente, “já ao apagar das luzes do ano” estreia nos cinemas este que é, para mim, um dos melhores f

Fonte: ACREDITE: “INVASÃO ZUMBI” É UM DOS MELHORES FILMES DO ANO. | Planeta Tela

EM DVD, “TENSÃO” FASCINA COM PERSONAGENS DIVIDIDOS.

Em “Tensão”, Richard Basehart, o eterno Almirante Nelson da série “Viagem ao Fundo do Mar”, interpreta Warren Quimby, um farmacêutico comum – talvez comum até demais – e pacato – talvez pacato até demais, ao fazer vistas grossas diante das escancaradas traições de sua esposa Claire (Audrey Totter). Em linguagem clara e direta, Warren é o popular corno manso. Sua mansidão, porém, chega ao fim quando Claire decide finalmente deixá-lo, e o simplório farmacêutico começa a arquitetar um minucioso plano para matar o novo amante de sua esposa. Uma engenhosa vingança que incluirá a criação de uma nova identidade sob a qual Warren tentará dar vazão aos seus impulsos assassinos.

A partir do argumento de John Klorer e com roteiro de Allen Rivkin, o diretor John Berry (o mesmo de “Por Amor Também se Mata”) constrói um envolvente noir repleto daqueles apaixonantes personagens típicos do gênero: humanos, divididos, repletos de dúvidas, nem mocinhos, nem bandidos, na corda bamba entre o bem e o mal.  Pessoas comuns levadas a situações limites, em busca de soluções igualmente limítrofes.

“Tensão” também aborda – ainda que tangencialmente – a questão da adaptabilidade dos soldados norte-americanos que retornaram da 2ª Guerra. Um rápido diálogo entre Claire e Warren mostra como a esposa teria se fascinado não exatamente pelo seu marido, mas pelo uniforme que ele ostentava durante o conflito, o que gerou problemas de adaptação e frustrações em tempos de vestimentas civis. Uma interessante visão – ainda que aqui não desenvolvida – sobre a construção de uma identidade  mitológica e heroica do guerreiro justiceiro. É em busca desta falsa noção de justiça que o protagonista cria seu plano de, mais uma vez, travestir-se de mito, ao assumir uma nova identidade que incluirá também uma nova mulher (Cyd Charisse, ótima).  Sua guerra, agora, é particular.

Uma curiosidade: se você achou o cenário da farmácia de “Tensão” parecido com o cenário da farmácia do filme “Pecado sem Mácula”, de Anthony Mann, não se trata de obra do acaso. Como os filmes foram rodados quase que simultaneamente, a Metro optou por economizar um pouco e usar o mesmo set em ambos. Afinal, o hoje cultuado gênero noir era quase sempre encarado como produção B pelos grandes estúdios da época.

“Tensão”faz parte da caixa Film Noir Volume 7, lançada pela Versátil.

Fonte: http://www.planetatela.com.br

Infográfico: como vivem os criativos

Para encontrarem tempo e inspiração para fazerem incríveis trabalhos de arte, os criativos devem ter hábitos diários originais e incomuns, certo? De acordo com essa pesquisa feita pelo Format, a vida de um criativo envolve, principalmente, jaquetas de couro e comer pizza.
Após 2.000 entrevistas com os membros da sua comunidade online, incluindo fotógrafos, designers, ilustradores, artistas e cineastas, a Format se juntou à Sam Island para visualizar suas vidas diárias em um infográfico elegante.
Apesar da pesquisa cobrir uma variedade de indústrias, há uma quantidade surpreendente de coincidências. Descubra se sua rotina diária corresponde aos resultados explorando o infográfico abaixo.

2016-09-14_viver-como-criativo

Fonte: http://tutano.trampos.co